Dani, como foi ficar loira com o cabelo cacheado?

A pergunta que muita gente me faz é: Como ficou o seu cabelo depois de uma descoloração?

Então, para tirar esta, e outras dúvidas, resolvi que esse seria o tema do texto de hoje 🙂

Primeiro de tudo, preciso dizer que já tive mechas loiras quando fazia apenas alongamento com amônia e depois muuuuuitas mechas com o cabelo totalmente alisado. Em ambas as vezes nunca tive um resultando tão bom quanto tenho hoje.

Misturar mais de uma química é algo delicado, e principalmente quando uma delas é uma descoloração. Mesmo cuidando do cabelo, tive fios elásticos, algumas quebras e principalmente sofri com o alaranjamento (existe esta palavra?) do tom.

Loira com o cabelo lisinho, lisinho.

Pois bem, um pouco antes de entrar na transição capilar resolvi deixar o cabelo na cor natural, e cortei todo o loiro restante. Curti demais o meu cabelo castanho. Curti muito me enxergar cacheada com a minha cor original de cabelo, porém, no segundo semestre de 2018 (quase dois anos após o Grande Corte), comecei meu namoro com as fotos de meninas com cabelos cacheados com mechas loiras.

O namoro rendeu muitas fotos salvas, e aquele frio na barriga que eu adoro sentir quando estou perto de fazer uma grande mudança.

No dia 19 de setembro de 2018 cheguei no salão para acertar a sobrancelha e saí uma linda cacheada loira =).

*Fotos tiradas no dia que fiz as mechas*

Bem, acho que pela introdução já é possível perceber que a experiência foi maravilhosa, mas agora vamos para alguns detalhes.

> A profissional, ou o profissional, faz muita diferença, sempre e sempre. Então, posso afirmar que o resultado que obtive teve a mão certeira de uma pessoa experiente e responsável. Fica o meu agradecimento para Priscila Cortez 😉

> O resultado de uma descoloração em um cabelo “virgem” é totalmente diferente do mesmo processo em um cabelo alisado. TOTALMENTE!

> Ajuda muito se o cabelo que for descolorido tenha um histórico de cuidados. Sim, estou falando de um Cronograma Capilar (tem texto no blog sobre isso), ou até mesmo um ritual de cuidados que tenha tratamentos de hidratação, nutrição e reconstrução.

> Ajuda ainda mais se após este processo de descoloração o cuidado continuar, seja no salão ou em casa.

> Após a descoloração, cortar não vai matar ninguém. Pelo contrário, parece que isso vai realçar ainda mais as mechas. Pode acreditar!

Falando agora de como o meu cabelo se comportou logo após a descoloração, meus cachos abriram um pouco, e senti isso principalmente na franja, região que sou um 4A. Nesta parte da cabeça pulei para o 3C, o que não foi nada grave. Algumas pessoas chegam a perder totalmente os cachos, precisando, no caso mais graves, passar novamente pela transição para ter os cachos novamente. No restante da cabeça, que tenho um degradê de 3A até 3C, tudo ficou praticamente na mesma.

Tabela de curvatura dos fios

Sobre a sensação e aspecto dos fios, nada de cabelo elásticos, mas percebi um pouco de fragilidade, e isso é super normal. No entanto, nenhum se partiu e após uma semana de tratamento com máscaras de reconstrução e hidratação a sensação ao toque já  era outra. Sobre o aspecto, em nenhum momento o cabelo aparentou estar ressecado. Pelo contrário, vi um brilho que não percebia quando ele estava na cor natural….vai entender :/

Não notei queda acentuada, quebra ou outra coisa que tenha sido reflexo da descoloração. Ainda sobre a curvatura dos cachos na parte frontal da cabeça, tudo voltou ao normal após uns vinte dias do processo.

Bem, diante de tudo o que coloquei, só posso, mais uma vez, dizer que meu cabelo se comportou maravilhosamente diante de tudo isso. Agora é saber como ele ficará com o retoque, que só pretendo fazer mais adiante. Esse intervalo também é importante para que os fios se restabeleçam.

Continuo seguindo a minha agenda de cuidados, mas, é válido colocar que precisei migrar para produtos mais potentes. As necessidades do meu cabelo agora são outras, e tive que fazer esta adaptação para vê-lo saudável.

E as mudanças não foram apenas nos produtos que estou usando, mas na forma de me enxergar, de me portar, de me vestir….

Ficar loira cacheada está sendo uma experiência única, que motivou mudanças incríveis e inesquecíveis 😉

Por, Dani Rabelo

Anúncios

1 comentário Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s