Palavras para um amigo

A vida adulta traz consigo uma série de responsabilidades, e a necessidade de aprimorarmos nossos sentimentos e o nosso entendimento sobre o mundo, sobre os outros e sobre nós mesmos.

Nos últimos dias vivi a pré-saudade. Aquele vazio antes do vazio. Aquela falta antes da falta. Uma saudade antecipada. A certeza de que em um breve momento o anunciado vai acontecer, e para isso eu preciso me preparar.

Pode ser tudo isso, mas também pode ser muito mais.

Na minha história, fui mais vezes a pessoa que partiu do que a pessoa que ficou.

Todas as vezes que fui a pessoa que ficou com a “antiga vida”, o vazio foi maior. Talvez pelo fato de não ter o frisson da novidade para dispersar a saudade daqueles que ficaram. Talvez por conta da animação de construir uma nova história ocupar tanto o tempo, fazer com que a saudade tenha até vergonha de se aproximar.

Quem fica, fica com a “antiga vida”, no entanto, faltando aquela peça do seu quebra cabeça. Não tem o frisson, não tem a adrenalina, não tem nenhuma novidade, apenas, e somente, a vida de sempre…e ela precisando ser refeita, assim como o nosso coração.

E já que tive que encarar a saudade antes mesmo dela chegar, me permiti sentí-la intensamente. Não contive a tristeza, não contive as lágrimas e não contive as palavras que explodiram dentro do meu coração. Pode até ser que tenha ficado alguma tristeza, alguma lágrima e alguma palavra, porém, quem se foi, foi sabendo o quanto sua presença foi especial para mim.

Não ousei dizer adeus. Disse um até logo, se cuida e seja feliz.

Diante de toda a nossa história, eu só poderia me sentir honrada por tê-lo em minha vida, e por saber que ainda irei tirar boas risadas de quando ele lembrar das nossas conversas e momentos vividos.

Após acompanhar, via Mídias Sociais, a sua chegada no seu novo lar, pensei se a gente também não “cria os amigos para o mundo”. Acho que quando somos amigos de uma pessoa, oferecemos o nosso melhor, e isso deve ajudar na sua construção (eu e meus pensamentos aleatórios).

Sendo isso uma verdade, ele me ajudou a ser mais sensível, com muito mais empatia…e espero ter passado coisas boas também, nem que seja o meu jeito de enxergar o mundo, ora realista ora sonhador.

Então, que este ser incrível, que é o meu amigo, possa ser incrível para outros novos amigos. Que mais pessoas possam saber o quanto ele é especial, correto, fiel, companheiro… E para essas pessoas, tenho apenas um recado: cuide bem do meu menino 😉

Já deu para perceber que o texto de hoje foi escrito a partir de um sentimento, mas para uma pessoa. Ele não precisa ter o seu nome registrado aqui, e tenho certeza que, ao ler cada palavra, saberá que tudo foi escrito para ele.

Vai na paz! Vai ser feliz! Vai construir novas pontes! Vai cantar outras melodias! Você é muito mais do que achar ser. Acredite, confie…e siga. Segue sabendo que voltar também é uma opção, mas, seguir, é uma escolha que pode resultar em coisas incríveis.

Por, Dani Rabelo
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s