Resenha do Balaio: Crespo da Hora #KeroKachos (Natuhair / Skafe)

Sempre que lembro da época que eu tinha o cabelo cacheado com química de alongamento, recordo do creme que mais usei nesta fase: Natuhair, fabricado pela Skafe, aquele tradicional da tampinha azul. O creme me marcou tanto, que até hoje ainda consigo identificá-lo através do cheiro.

Com o meu retorno aos cachos, pesquisando na prateleira de cremes para pentear, me deparei novamente com o creme da Natuhair, mas para o meu espanto e alegria…a família cresceu. Claro que eu poderia ter trazido para casa aquele que usei durante muitos anos, mas quis testar algo novo, e por isso trago hoje a resenha do Crespo da Hora, da linha #KeroKachos (Natuhair – Skafe) 😉

kero-kachos-crespo-da-hora-skafe-600x600
Foto oficial

Vamos para as informações que constam no produto

O creme é vendido em uma embalagem de 300ml (paguei R$ 11,40), e em destaque temos as seguintes informações:

– Efeito molhado não rola!

– Cachos leves, hidratadíssimos e definidos;

– Para cabelos crespos ou em transição;

– Curvatura 3B – 3C;

– Livre de parabenos e petrolatos.

kero kachos 03
Verso do produto – Crespo da Hora, da linha #KeroKachos (Natuhair – Skafe)

Chegou o que faltava. Tenha cachos leves, hidratadíssimos e mega definidos com KeroKachos Crespo da Hora. Elaborado com ativos especiais que agem diretamente na hidratação dos fios e definição dos cachos.

Diga adeus ao frizz e curta seus cachos com muito mais brilho e vida.

Será que ele vai manter as boas lembranças do seu antecessor?

Claro que como tive uma experiência muito boa com o creme de pentear Natuhair da tampinha azul (antigamente ele era bem diferente da embalagem atual, e não existiam tantas versões), criei uma expectativa com relação ao Crespo da Hora, da linha #KeroKachos (Natuhair – Skafe).

Sobre a embalagem, achei ela muito fofinha. É gordinha, e o fato de ter 300 ml, para mim é ótimo, mas sei que para outras pessoas pode ser muito pouco. A abertura para saída do creme é aquela tradicional, e o plástico da embalagem é bem resistente, porém, tenho algumas observações sobre o rótulo da frente.

Acho que a Skafe exagerou na quantidade de informações no rótulo principal do produto. Na verdade, não dá para identificar direito o nome do produto, pois em destaque temos “#KeroKAchos”, “Tá Ligada!”, e “Crespo da Hora”, e ainda temos os selos Natuhair e Skafe. Achei que ficou confuso.

kero kachos 06

O rótulo do verso é mais “limpo”, e as informações estão mais fáceis de serem compreendidas. Lá você vai entender qual a função do creme e uma explicação sobre como usá-lo. Destaque para a tabelinha com os tipos de curvatura dos fios (tem post sobre isso aqui no Balaio 😉 )

Vamos agora para o cheiro e consistência

A primeira lembrança que tenho ao cheirar o produto é de um Chiclete Ploc de Tutti-Frutti, e quem nasceu nos anos 80, início dos anos 90, vai entender o que estou falando. O cheiro é doce, mas não enjoativo, e fica por pouco tempo no cabelo. Lembra muito pouco a versão que usei antigamente.

O creme possui uma consistência mediana, não é firme como a Maionese Capilar da #ToDeCacho (Salon Line), mas não é molenga como o Yamasterol. Ele é bem oleoso, e daí descobri no rótulo que o creme possui óleo de semente de girassol e de moringa, além de glicerina. É possível ver pela foto o quanto o ele é brilhoso, e com essa consistência média.

kero kachos 04

kero kachos 05

Então Dani, qual foi o resultado no seu cabelo?

Antes de dizer se o creme de pentear Crespo da Hora, da linha #KeroKachos (Natuhair – Skafe) ganhou meu coração, preciso contar que a aplicação nos fios é fácil, mas ele não deixa o toque hidratado, e para mim isso é típico de um creme de nutrição (pelo menos essa é a percepção que eu tenho).

Após o cabelo secar, tenho aquela aparência de gel (o cabelo durinho), porém, com menos intensidade (já testei cremes que esse feito ficava muito maior).

Como ainda faço texturização no meu cabelo, e sempre falo aqui que um creme de pentear precisa ajudar a modelar e segurar os cachos, percebi é que o Crespo da Hora não executa muito bem esse papel. Na hora os cachos ficam lindos, mas eles desmancham mais rapidamente, porém, em compensação, tenho um cabelo mega brilhoso e sedoso.

kero kachos 01

Então, já deu para perceber que o creme me agradou de um lado, e não foi muito bem do outro, mas encontrei uma solução para este problema: misturo gelatina capilar com o creme, e assim consigo uma maior duração dos cachos.

Confesso que mesmo querendo cremes que ajudem na texturização, prefiro ainda aqueles que tratam os meus fios, e foi isso que senti usando o Crespo da Hora. A fixação dos cachos pode ser resolvida com a gelatina, já fios ressecados….

Acho que quando eu estiver com o cabelo 100% natural esse creme vai funcionar melhor, e para isso vale outra resenha contando tudinho pra vocês 😉

Atenção: A Skafe lançou a máscara de tapioca, e estou doida para experimentar 😉

máscara tapioca.png

por, Dani Rabelo

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s