Dicas para escolher o tom certo da base

Um dos momentos mais tensos para mim, quando o assunto é maquiagem, era quando ia  comprar uma base. A escolha do tom certo fazia o meu coração acelerar, afinal, são vários pontos que precisam ser analisados, e ainda temos que nos encaixar na limitação das cores oferecidas pelas marcas.

Hoje resolvi dar algumas dicas para quem, assim como eu, sempre ficava na dúveida de qual cor levar. Sim, você ainda pode comprar o tom errado, mas as suas chances de acertos vão aumentar 😉

Em qual parte do corpo testamos a cor da base?

base ruby rose
Base Ruby Rose

Algumas pessoas dizem que o ideal é testar a base na parte interna do pulso, no dorso da mão ou no próprio rosto. Eu costumo levar em consideração uma coisa: eu uso protetor solar no rosto?

Sim, a ideia da base é que ela se iguale com o tom do seu corpo, e não apenas do seu rosto. Se você usa protetor solar no rosto, com certeza ele vai ser mais claro que o seu corpo, então, se você testar a base no rosto vai ficar com a cara branca demais. Se comprar baseado na cor interna do pulso, pode acontecer o mesmo, afinal, dificilmente levamos sol neste local. O dorso da mão também não é aconselhável, mas daí pelo motivo inverso…costumamos levar mais sol nas mãos.

Eu testo a base no colo, um local que não leva tanto sol, e fica mais próximo do meu rosto.

Oxidação da base

Quase ninguém te conta, mas as bases costumam escurecer em contato com o oxigênio, e isso se chama oxidação. Algumas oxidam mais, outras oxidam menos.

Resenhas bacanas vão trazer essa informação, mas se você não tem tempo de pesquisar sobre o produto ou nenhum avaliação falou sobre isso, meu conselho é que você coloque um pouco da base no seu colo e vá passear. Espere ela secar, e depois de alguns minutos observe a cor que ela vai ficar.

base cobertura média mary kay
Base cobertura média – Mary Kay

Interferência da luz

O ideal é que a luz da loja tenha um equilíbrio entre luzes frias e quentes (brancas e amarelas), pois se compara com a luz natural. Se isso não acontecer, mais uma vez, faça a prova da base e vá para outros ambientes. Perceba como a base fica em luzes distintas.

Nenhum tom funciona

Isso normalmente acontece mais com pessoas negras, afinal, infelizmente a indústria de cosméticos não oferecem uma quantidade de tons suficientes para atender a diversidades de cores existente. Para quem fica entre as pessoas brancas e negras, isso também acontece, levando em conta ainda que as peles podem ter um fundo rosado ou amarelado.

Se você não achar, de jeito nenhum, o tom certo para a sua pele, vale fazer misturinhas de mais de um tom (isso pode ser feito entre bases da mesma marca, ou não).

Atualmente tenho várias bases que estão ficando escuras, pois estou me expondo menos ao sol, então, faço uma mistura com uma base mais clara para equilibrar o tom. Inclusive com essas misturinhas você pode transformar uma base “mais ou menos” em uma base “nota dez”.

Como passar a base?

Mesmo que a base seja da sua cor, nunca espalhe ela apenas no rosto. Com o restinho do produto que ficar no pincel, esponja ou mãos, puxe para as orelhas, raiz dos cabelos e pescoço. Assim você evita qualquer risco de ficar com o “efeito máscara”.

Gostaram das dicas? Espero agora que o processo da escolha da base deixe de ser um sofrimento 😉

por, Dani Rabelo

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s