A compra e venda de seguidores no Instagram

A partir do momento que decidi criar o Balaio da Dani, e alimentar com mais constância o Instagram, recebi propostas de uma prática bastante utilizada, mesmo que negada, por alguns usuários dessa Rede Social: a “compra e venda de seguidores”. O que significa isso? Significa que você paga para que uma empresa aumente o número de seguidores do seu perfil, e em um passe de mágica você pode sair de 100 para 1000 “pessoas” que “se identificam” com o seu conteúdo.

Na verdade essas “pessoas” são apenas números. “Elas” não ligam para o seu conteúdo. “Elas” são praticamente robôs, mas servem muito para aqueles que investem nisso visando o sucesso virtual e que isso traga contratos com diversas marcas, o que é possível acontecer.

Além da “venda de seguidores”, praticamente todos os dias recebo mensagens do tipo “troco likes”, “troco elogios” e “sigo de volta (SDV). Nesses casos a coisa funciona como um “eu te faço um favor, e você retribui”. Em alguns dias eu ganho cinco seguidores, e dois dias depois perco os mesmos cinco, resultado da minha falta de reciprocidade. Eu, além de não comprar seguidores, não sigo quem não acho interessante, simples assim.

Mesmo discordando dessa prática de compra ou troca (por trocar) de seguidores e curtidas, realmente, um número grande de seguidores é algo que impressiona as pessoas que usam o Instagram apenas como forma de entretenimento e alguns empresários que, por desconhecimento, consideram isso mais importante do que o conteúdo das publicações.

Sabia que você pode estar seguindo alguém que possui falsos seguidores? As dicas que vou passar não podem comprovar oficialmente que a pessoa utiliza essa prática, mas faz dela uma forte candidata: desconfie se o perfil tiver um grande crescimento no número de seguidores em um tempo muito curto; compare o número de seguidores com a quantidade de curtidas nas postagens (as curtidas são infinitivamente menores); interações do tipo “linda”, “maravilhosa”, “show”…podem também ser indicativos de “seguidores comprados”.

Sei que o Instagram faz rotineiramente uma varredura para descobrir seguidores falsos, contas fakes, inativas e spammers, e para cada caso existe uma forma de conduta: avisos, alertas e até mesmo a exclusão da conta, no entanto, a vigilância não impede que alguns escapem e novos apareçam.

Minha opinião é que a compra de seguidores é um ato de desonestidade, afinal, você está passando uma falsa impressão, está expondo uma inverdade. Por melhor que seja a intenção, o que está sendo exibido ali é uma mentira, e fico pensando até que ponto as pessoas podem chegar para conquistar a fama.

Hoje você compra seguidores. Amanhã você paga para alguém escrever os seus posts. Depois você faz propaganda de algo horrível dizendo que é maravilhoso, e com isso o mundo virtual deixa de ser tão perfeito e bonito, mostrando o seu lado ganancioso, imoral e competitivo. Alguma diferença do mundo real? Acho que nenhuma.

por, Dani Rabelo

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s