A elegância de uma calça flare (boca de sino)

Acho que assim como a maioria das brasileiras, apesar do calorão que faz em várias regiões do nosso país, adoro usar calça jeans, e me dou o atrevimento de experimentar as várias modelagens que o mercado oferece, mas tenho uma preferida: Flare na linguagem atual, ou “boca de sino” para os mais experientes 😉

Depois de passar um tempo sumida dos guarda-roupas femininos, nós últimos tempos ela voltou com força total. A Flare é uma releitura da “boca de sino”, calça clássica da década de 70, e a novidade é que ela surge com a “boca” um pouco menor, em uma modelagem mais sequinha e um cós mais alto.

flare-04Eu sou fã do corte tradicional, com bocão mesmo 🙂 , e para mim ela traz uma elegância que a cigarette e a skinning não conseguem. A flare é uma peça coringa, que pode ser usado de dia, para o trabalho, ou para as badalações após o cair do sol.

Apesar de ter falado especificamente da calça jeans, a modelagem flare também pode ser encontrada em outros tecidos, passando pelo Oxford, linho…

Tenho umas três peças que adquiri há muito tempo (me recuso falar o ano, ok?). Para mim, esse corte é clássico e atemporal, independente de estar ou não bombando das lojas e nas ruas. Já escutei muito das vendedoras a frase “Não temos esse modelo”, e fico feliz que a flare tenha ressurgido, porém, por precaução, já tratei de fazer o meu estoque, e estou bem preparada para o caso dela sumir novamente.

Sobre como usá-la, tenho consciência que esse modelo pode me deixar ainda mais baixinha, por isso opto sempre por combiná-la com salto alto. Essa sensação dela diminuir o tamanho da pessoa está diretamente relacionada com a largura da boca da calça. Quanto mais larga a boca, menor você parece. Com a combinação certa, a flare pode, inclusive, fazer você parecer ser mais alta do que realmente é (Maravilha!!!).

Para quem quer passar a impressão de uma silhueta mais fina, a sugestão é usar um look monocromático, além de blusas com decotes atraentes, pois você irá tirar o foco das pessoas da região do quadril e da barriga. Se quer aumentar o bumbum, bolsos traseiros podem criar a ilusão de que ele é maior. Sacou os truques? 🙂

No caso das garotas altas, a flare pode ser tranquilamente usada com sapatilhas de bico fino e sandálias, mas cuidado para não ficar arrastando a barra no chão. Tênis, Oxford, e similares, não casam com esse tipo de calça :/

O item “altura da bainha” é muuuito importante, e vale um parágrafo só para ele:

O tamanho da barra da calça vai, infelizmente, limitar a altura do salto do sapato que você vai usar. Como uso essas calças com salto alto, as bainhas foram feitas adequadas para esse tipo específico de altura. Diferente da calça skinning, que é possível dobrar a bainha e usá-la de várias formas diferentes, a flare traz essa limitação.

Ainda sobre o item bainha, é extremamente deselegante a barra ficar arrastando no chão (e pior ainda se ela desfiar por causa do atrito com o solo), ou ficar na altura do “peito” do pé. O ideal é que a bainha da flare esteja rente ao chão (1cm do chão), cobrindo praticamente todo o sapato.

flare-09
Nem arrastando, nem curta demais: ACERTOU NA MOSCA!!!

Pode parecer que usar flare é algo complicado, mas não é mesmo. Como disse no começo do texto, ela vai te deixar elegante, mesmo que você use com uma camisa básica branca e uma sandália bege. Para mim essa calça é o poder, simples assim 😉

por, Dani Rabelo

 

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s