A criatividade dos antigos “Looks do Dia”

Quando comecei a acessar blogs que falavam sobre moda e beleza fiquei bem interessada na aba  que tinha como título “Look do Dia”. No começo essa frase realmente expressava o que você iria encontrar: fotos da blogueira com a roupa que ela estava usando naquele dia, seja para trabalhar, estudar, passear…

Era comum você ver as mesmas peças usadas de formas diferentes, e isso era o que eu achava mais legal, afinal, roupas e sapatos não são descartáveis. De alguma forma, consciente ou não, aquelas meninas mostravam que não era preciso ter uma blusa, uma calça, um sapato ou um vestido para cada dia do ano. Bem diferente do que o universo consumista tenta pregar nos comerciais e propagandas.

Vê-las se reinventando era algo muito legal, e isso serviu de incentivo para que eu fizesse o mesmo. Fiz combinações que nunca teria imaginado se não fossem as dicas daquelas blogueiras. Diferente do que eu encontrava nas revistas para o público feminino, elas eram reais, com corpos reais e que tinham peças compradas em lojas de departamentos.

Com o tempo, com a profissionalização da coisa, algumas blogueiras alteraram o significado do “Look do Dia”, e além de mudarem a nomenclatura para apenas “Look”, transformaram aquele espaço em mais um momento propaganda. Diferente de um editorial de moda, que poderia trazer um conceito, ou sei lá o que mais, o que ocorre é a tentativa de fazer você comprar aquela peça do jeito que está, simples assim.

Hoje temos blogs em que esse tipo de “Look do Dia” é o ponto principal, e existe público para isso, afinal, empresários e empresárias investem nessas moças para que elas desfilem (fotografem) o catálogo de roupas daquela marca.

Todas essas minhas colocações foram para dizer que sinto falta do espontâneo, da simplicidade e do criativo. Me assusta esse estímulo ao consumo descabido e essa mensagem, nada sutil, de que você precisa estar na moda sempre, e sempre.

Moda, criatividade e consumo consciente são coisas que precisam andar juntas, e que tento colocar em prática. Ainda compro em excesso, ainda me deixo levar por algumas modinhas, mas sempre tentado manter o meu senso crítico bem crítico.

por, Dani Rabelo

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s